Labels

Saturday, January 13, 2018

INSIDIOUS: A ÚLTIMA CHAVE (Insidious: The Last Key) de Adam Robitel

A História: A fim de ajudar um homem a livrar-se de uma assombração, Elise Rainier, a médium dos filmes anteriores, regressa à casa da sua família onde é obrigada a enfrentar os demónios da sua infância/adolescência, nomeadamente o terrível demónio das chaves.

O Filme: Será este o último filme desta série? Como sabemos, tudo vai depender dos resultados de bilheteira, mas por mim podem ficar por aqui. O primeiro título da série é um dos melhores e mais arrepiantes filmes do género que vi nos últimos anos, diria mesmo de sempre, mas nenhum dos capítulos que se seguiram está ao seu nível.
Em relação ao presente filme, é uma pena que o sinistro demónio das chaves não seja mais bem explorado, bem como as consequências dos seus dedos-chave (adorei o facto de ele poder trancar as cordas vocais das suas vítimas). Gostei muito do twist com um dos fantasmas que assombrou Elise na sua adolescência. O resto é mais do mesmo e a suposta presença humorística de Specs e Tucker, os ajudantes de Elie, não só não resulta, como corta o ambiente que se tenta criar.
Claro que há alguns calafrios para nos manter atentos e, mais uma vez, Lin Shaye é credível como Elise; o mesmo já não posso dizer das bonitinhas Caitlin Gerard e Spencer Locke como as suas sobrinhas.
Apesar dos defeitos, o realizador Adam Robitel consegue manter o interesse e o filme nunca é aborrecido, mas tinha gostado que fosse mais sério e que provocasse mais arrepios.

Classificação: 5 (de 1 a 10)





























No comments:

Post a Comment